Florianópolis é um dos principais polos de conhecimento tecnológico do país, sendo reconhecida pela ACATE Tech Report 2015 como a 3° cidade do país em faturamento médio com mais de 900 empresas que atuam no setor de tecnologia com alto nível de atividade. O setor gera um faturamento de mais de 5 bilhões de reais anuais, o que permite com que a capital catarinense combine desenvolvimento econômico com uma excelente qualidade de vida.

De acordo com o Prefeito de Florianópolis, Gean Marques Loureiro (PMDB), a cidade ter sido escolhida para receber o Encontro Regional Sul Connected Smart Cities é fundamental para a evolução do setor: “Promover a discussão entre o governo, entidades e empresas traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento da cidade. Florianópolis está diretamente ligada ao propósito do Connected Smart Cities Regional Sul em tornar-se mais inteligente e conectada”.

O Prefeito apontou que o principal desafio para as cidades brasileiras se tornarem smart cities é cada vez mais usar a tecnologia para desburocratizar o poder público, facilitando a vida do cidadão. Ele apontou que, ao assumir a administração municipal, fez questão de priorizar o setor da tecnologia: “Viabilizamos o Fundo Municipal de Inovação, que permite às empresas que invistam recursos financeiros em projetos e estudos voltados à inovação desenvolvidos em Florianópolis. Pensando nas startups, autorizamos Microempreendedores Individuais (MEI) a utilizarem as residências como sede do estabelecimento (…). Florianópolis está entre as primeiras cidades brasileiras a conceder o Alvará de Funcionamento Condicionado nestas condições”.

O Encontro Regional Sul será realizado no dia 26 de Outubro de 2017 em Florianópolis.