Em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas, será realizado, no dia 26 de outubro de 2017, o Encontro Regional Sul em Florianópolis. De acordo com Eduardo Moreira da Costa, um evento como o Connected Smart Cities é importante por “Despertar interesse para o tema e ajudar na formação de pessoas. Pessoas conectadas constroem Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis”.

Eduardo Moreira da Costa é fundador e Diretor Presidente da Pi-Academy, empresa internacional de consultoria em empreendedorismo e inovação, e diretor do laboratório acadêmico LabCHIS (Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis) na UFSC. Foi Diretor de Inovação da FINEP (2007-2010), criador dos programas PRIME, JURO ZERO e 14Bis, Diretor do CNPq (1993-1997), criador do programa SOFTEX2000 de incentivo à exportação brasileira de software, Pesquisador do CPqD da TELEBRÁS e consultor do IEL-Nacional e dezenas de empresas e organizações. Além disso, é um importante palestrante no Brasil e no exterior nas áreas de Inovação; Empreendedorismo; Cidades Humanas; Inteligentes e Sustentáveis; Novas Políticas Públicas e Organizacionais; e Capital de Risco.

Ele aponta que o desenvolvimento de smart cities no Brasil é importante por ser “uma rara oportunidade de reconciliação entre governo e sociedade pois, ao contrário das outras duas esferas, federal e estadual, os governantes moram na mesma cidade e têm interesses comuns com a população. Mas é importante focarmos nas soluções para as pessoas, não apenas nas tecnologias. Chamamos esta preocupação de Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis”.