• PALCO MORUMBI – EIXO TEMÁTICO: URBANISMO SUSTENTÁVEL NAS CIDADES

    Desenvolver uma cultura de smart cities no Brasil pode ser o caminho para influenciar novos projetos urbanos a terem como conceito a ocupação ordenada, a sustentabilidade e a contribuição com soluções inteligentes e criativas para questões mais relevantes nos seus territórios, considerando a integração com o meio ambiente e seu entorno, com o objetivo de tornar a vida das pessoas mais prática e prazerosa. Como colocar em prática este conceito?

  • MANHÃ

  • 9:00 - 10:30
    Painel 1: Crescimento urbano e planejamento das cidades: sinergia entre os atores para o desenvolvimento sustentávelConsiderações painel 1
    - Como promover o crescimento urbano criando riqueza e equidade social?
    - Quais são os princípios de planejamento urbano para promover o crescimento inteligente?
    - Como desenvolver estruturas institucionais e modelos de cooperação que possam promover um desenvolvimento territorial equilibrado?

    Luiz Paulo Vellozo Lucas, Secretário Nacional de Desenvolvimento Urbano, Ministério das Cidades*
    Representante Alphaville Urbanismo*
  • 11:00 - 11:30
    Spotlight talks: Formação do futuro das cidades: espaços públicos inclusivosMuitos urbanistas defendem que os espaços urbanos abertos podem contribuir para cidades mais integradoras e inclusivas, já que a dinâmica física e social do espaço público tem um papel central na formação dos públicos e da cultura pública. Como mudar as percepções e expectativas das cidades e proporcionar oportunidades e melhores condições de vida para todo com a criação destes espaços?

    Cidade Vencedora Ranking Connected Smart Cities 2017 Eixo Temático Urbanismo
  • 11:30 - 13:00
    Painel 2: Em um ano difícil em diversas frentes, mercados e setores, como vencer o paradoxo, de, apesar das dificuldades, as cidades se desenvolverem com o objetivo de tornar-se uma Smart City?Considerações painel 2
    - Quais são as questões específicas com as quais a “população urbana” tem que lidar hoje que se possa garantir que as cidades amanhã sejam lugares bons e positivo para se viver? - Onde é necessária a inovação urbana e como este processo pode ser acelerado? Como tornar as cidades verdadeiramente humanas? - Como transformar o modelo de cidade atual para um modelo de cidade inteligente sustentável? Como conciliar a atuação pública, corporativa e da sociedade para atingir um objetivo comum de desenvolvimento?

    Roberto de Souza, Presidente CTE*
    Carlos Leite, Urbanista PhD e Diretor, SP- Urbanismo*
  • TARDE

  • 14:00 - 15:30
    Painel 3: O papel das cidades na promoção da transição para a energia limpaConsiderações painel 3
    - Como os gestores públicos estão discutindo o planejamento, financiamento e gerenciamento desses ativos e como estão desenvolvendo este negócio para os consumidores com um novo modelo de distribuição e gerenciamento de energia?
    - Como acelerar a inovação e transformação nos setores de energia urbana?
    - Como as cidades podem liderar a transição para um novo cenário energético de baixa emissão de carbono e o que podem fazer em relação aos compromissos climáticos globais?

    Cidade Vencedora Ranking Connected Smart Cities 2017 Eixo Temático Energia
    José Nilo Rodrigues da Silva Junior, Enel Ceará*
    Natalie Unterstell, Secretária-Adjunta, Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas
  • 16:00 - 16:30
    Spotlight talks: Visão da economia circular para cidades inteligentes e competitivasÉ necessário repensar o modelo econômico linear e as cidades tem um papel fundamental para a transição do modelo atual de produção para um modelo de produção circular. Como desenvolver um processo de gestão de resíduos nas cidades objetivando esta mudança, criando novas oportunidades e construindo comunidades prósperas?

    Luisa Santiago, Responsável pelo programa CE100 Brazil, Ellen McArthur Foundation*
  • 16:30 - 18:00
    Painel 4: As cidades representam pólos de atração para o homem e geram idéias, produtos e conceitos, que são consumidos por habitantes urbanos, em um ritmo que se acentua progressivamente. Como equacionar esta relação delicada entre as cidades e o meio ambiente?Considerações painel 4
    - A qualidade de vida e a saúde dos moradores das cidades é um aspecto da relação cidade e meio ambiente raramente abordado. Como considerar estes aspectos no planejamento da cidade?
    - Megacidades da América Latina na Luta Contra Mudanças Climáticas e Degradação Socioambiental
    - Método de cálculo de emissões de gases de efeito estufa (GEE) em desenvolvimentos urbanos de baixo carbono

    Cidade Vencedora Ranking Connected Smart Cities 2017 Eixo Temático Meio Ambiente
    Alberto Teixeira da Silva, Professor doutor associado do Instituto de Filosofia e Ciências Humana, Universidade Federal do Pará
    Sérgio Myssior, Arquiteto urbanista, especialista em meio ambiente e urbanismo e comentarista, Myr Projetos Sustentáveis / CBN Mais BH*
  • PALCO PENHA – EIXO TEMÁTICO: MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE NAS CIDADES

    Pensar em mobilidade urbana nas cidades requer ir além do planejamento, demanda uma série de mudanças de paradigmas: investimentos em transporte público com qualidade e capilaridade, de maneira a contar com veículos que utilizem combustíveis não fósseis; diminuir o espaço dos carros nos grandes centros urbanos; mudar o conceito da rua, tornando-a um espaço compatível com ciclovias e calçadas de qualidade; promover a mobilidade humana; utilizar a tecnologia a favor da mobilidade urbana e do cidadão.

  • MANHÃ

  • 9:00 - 10:30
    Painel 1: Mobilidade urbana e qualidade de vida: soluções para o desenvolvimento sustentávelConsiderações painel 1
    - Como soluções inovadoras e tecnologias inteligentes para a mobilidade urbana estão dando origem a soluções para reduzir o tráfego e as emissões de CO2?
    - Como estas inovações incentivam mudanças comportamentais para promover esta mudança?

    João Gouveia Ferrão Neto, Diretor Executivo, ANPTrilhos*
    Luiz José Pedretti, Diretor-presidente, Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano – Emplasa*
  • 11:00 - 11:30
    Spotlight talks: O futuro da mobilidade urbanaPlataformas que irão moldar o ecossistema de mobilidade urbana: Sistemas de transporte inteligente, aplicativos, compartilhamento de veículos e veículos autônomos são algumas das soluções possíveis. Quais são as soluções previstas pelos especialistas e quais as mudanças previstas?

    Cidade Vencedora Ranking Connected Smart Cities 2017 Eixo Temático Mobilidade
  • 11:30 - 13:00
    Painel 2: Sistemas de transporte inteligentes: gestão de tráfego e redução do congestionamento nas cidadesConsiderações painel 2
    - Como utilizar dados e tecnologias em tempo real para promover a gestão do tráfego de forma bem-sucedida nas cidades?
    - Semafóros Inteligentes em Niterói – Caso de Sucesso em Mobilidade Urbana e Gestão de Tráfego
    - Smart Circuit City: integração de tecnologias para solução turnkey para melhoria da mobilidade urbana

    Gustavo Guimaraes, Diretor, Thruone Group
    Leonardo da Silva Mattos, Engie*

    Moderador: Marcelo Nunes, Coordenador dos Clusters Aeroespacial e TIC, Parque Tecnológico São José dos Campos
  • TARDE

  • 14:30 - 16:00
    Painel 3: Soluções para a mobilidade Considerações painel 3
    - Como os serviços de mobilidade partilhados, tecnologias e tendências sociais emergentes podem afetar as escolhas de mobilidade dos cidadãos?
    - Quais são os impactos dos sistemas multimodais de transporte e serviços de mobilidade para o planejamento e desenvolvimento de um plano de mobilidade sustentável?
    - O Case de Smart ticketing na Grande Manchester

    Luis Pontes, Sócio, EY*
    João Paulo, Idealizador, Bike Anjo*
    Cristiano Lopez Saito, Diretor de Desenvolvimento de Negócios para Veículos Leves sobre Trilhos, Alstom
  • 16:00 - 16:30
    Spotlight talks: Redesenhando padrões de mobilidade para cidades humanasA implementação de padrões de mobilidade eficientes, seguros e sustentáveis tornou-se uma prioridade urbana global. Como as inovações em torno de sistemas de transporte inteligentes e de baixo carbono e uma melhor gestão da infraestrutura podem ajudar a atender a qualidade de vida dos cidadãos? De que maneira as restrições sociais, econômicas e físicas do movimento nas cidades podem ser superadas? Como podem ser alavancados dados reais significativos e fiáveis gerados pelos cidadãos e pela infraestrutura urbana?

    José Roberto Generoso, Secretário Nacional de Mobilidade Urbana, Ministério das Cidades*
    Rafael Tartaroti, Mobi Lab
  • 17:00 - 18:30
    Painel 4: Mudança da realidade urbana para a mobilidade: como otimizar a utilização do espaço público Considerações painel 4
    - Como criar boas condições para a mobilidade não motorizada e estimular as pessoas a caminhar e utilizar as ciclovias proporcionando benefícios claros para as cidades e para as pessoas que vivem nelas?
    - Tecnologias interativas para a mobilidade
    - Programa Passo Fundo Vai de Bici: estruturação de sistema de mobilidade ativa inteligente

    Ana Paula Weckert, Secretária de Planejamento, Prefeitura Municipal de Passo Fundo
    Fabio Miyata, Instituto Aro Meia Zero*
  • PALCO LAPA – EIXO TEMÁTICO: CIDADES CONECTADAS

    Para o Brasil ter um ganho significativo na qualidade dos serviços públicos e melhorar a sua competitividade com uma economia inovadora é necessário intensificar o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e garantir infraestrutura de qualidade para viabilizar a rede da Internet das Coisas. A IOT, adicionada a BIG DATA, aplicada no âmbito de uma cidade, possibilita o desenvolvimento de vários serviços públicos e privados. Quais são os desafios para as cidades brasileiras tornarem-se verdadeiramente conectadas?

  • MANHÃ

  • 9:00 - 10:30
    Painel 1: A tecnologia sempre teve efeitos transformadores na maneira como as cidades são projetadas e operadas. Quais são os desafios e oportunidades para as cidades na era digital?Considerações painel 1
    - A telecomunicação é fundamental para a cidade inteligente e de vital importância para o seu desenvolvimento. Como garantir o acesso à internet das pessoas nas cidades?
    - Tendências e o que está por vir nas redes de telecomunicações municipais
    - Construindo uma Smart City – Cidade de Mississauga: fazendo as IOT´s acontecerem

    Daniel Blanco, KAM - Divisão de Energia e Smart Grid, Furukawa
    Shawn Slack, Director Information Technology & Chief Information Officer, City of Mississauga
    Eloa Fernandes Mateus, Diretora do Departamento de Infraestrutura para Inclusão Digital, Ministério da Ciência Tecnologia, Inovação e Comunicações MCTIC*
  • 11:00 - 11:30
    SPOTLIGHT TALKS – Plataformas de dados abertos nas cidades: Implementação de estratégia da gestão da informação na administração pública IOT, computação nas nuvens e Big Data aliados ao rápido crescimento das aplicações da internet móvel estão mudando as pessoas e consequentemente as cidades. As cidades inteligentes precisam simplificar a gestão dos serviços municipais através de plataformas abertas, flexíveis e seguras, aproveitando ao máximo a convergência dos paradigmas de IoT e computação em nuvem. Se os dados são a nova infraestrutura, como compartilhar, conectar e globalizar a informação? Como utilizar dados abertos para implementação de cidades inteligentes?

    Bill Ash, Strategic Technology Program Director, IEEE Standards Association*
    Daniel Annenberg , Secretário de Inovação e Tecnologia, Prefeitura de São Paulo*
  • 11:30 - 13:00
    Painel 2: A Internet das Coisas (IoT) tem o potencial de atingir US $ 19 trilhões de valor até 2022. Qual é o seu papel na inovação das cidades?Considerações painel 2
    - Como as cidades podem aproveitar ao máximo esse ecossistema conectado?
    - Como automatizar a coleta de dados e integrar informações? Como analisar estas informações?
    - O impacto da IOT no desenvolvimento econômico nas cidades

    Eduardo Arcas, Gerente de Cloud e IoT, Ericsson
    Isabel Gonzáles Mieres, Project Manager, Thyssenkrupp Elevadores
  • TARDE

  • 14:30 - 16:00
    Painel 3: O papel do smartphone para os serviços municipaisConsiderações painel 3
    - Como usar os aplicativos móveis e tecnologias inteligentes para facilitar os serviços aos cidadãos e o engajamento e qual é a poercepção do cidadão dos serviços municipais digitais
    - Pagamentos eletrônicos, confirmação de consultas, assistentes digitais. Quais serviços estão disponíveis e como implementá-los?
    - Startup de soluções para cidades inteligentes: case Nearbee

    Cidade Vencedora Ranking Connected Smart Cities 2017 Eixo Temático Segurança
    Felipe Ferreira Fontes, Diretor, Nearbee
  • 16:00 - 16:30
    SPOTLIGHT TALKS: Internet do futuro e as cidadesBilhões de pessoas, coisas e serviços conectadas trocando informações e dados através de uma infraestrutura baseada na web. Tanto o mundo desenvolvido como o em desenvolvimento se beneficiarão desta rede global altamente interligada. No entanto, também apresenta novos tipos de desafios de uma perspectiva de segurança, confiança e privacidade que certamente impactará os modelos operacionais da cidade. Como se preparar para esta realidade?

    Cidade Vencedora Ranking Connected Smart Cities 2017 Eixo Temático Tecnologia e Inovação
  • 16:30 - 18:00
    Painel 4: Segurança digital: o equilíbrio entre a privacidade e os benefícios da Big DataConsiderações painel 4
    - Cibersegurança: como proteger a infraestrutura e oferecer segurança digital das informações?
    - Os dados se tornaram uma parte fundamental da infraestrutura urbana e ajudam a tomar melhores decisões, promover a inovação, melhorar os serviços públicos e capacitar os cidadãos. Mas quem deveria possuí-lo? Como transformá-lo em um bem público?

    Claudio Trapaga F. Nascimento, Gerente de Vendas, Atech
    João Thiago Poço, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Microsoft Brasil , Microsoft CityNext*

    Moderador: Fábio Henrique Cabrini, Doutorando e mestre em Engenharia Elétrica nas áreas de “Segurança em Smart Cities” e “Wireless Sensor Network”, Poli/USP*
  • PALCO SANTANA – EIXO TEMÁTICO: CIDADES EMPREENDEDORAS

    O empreendedorismo, a economia criativa e a inovação são estratégias fundamentais de desenvolvimento para as cidades no século XXI, e para as cidades se transformarem em cidades empreendedoras é necessário criar políticas públicas que propiciem a ascensão dos agentes criativos com o objetivo de dinamizar a economia. Quais são as características de uma cidade empreendedora e criativa?

  • 9:00 - 10:30
    Painel 1: Oportunidades urbanas: como identificar e desenvolver negócios nas cidadesDaniel Annenberg, Prefeitura de São Paulo*
    Fabio Kon, Universidade de São Paulo*
    Diego Calegari, Politize*
    Marc Weiss, Global Urban Development*
    Camilo Veigas, Polícia Civil*
    Paulo Saldiva, Universidade de São Paulo*
  • 11:00 - 12:30
    Apresentação banca finalistas Prêmio Connected Smart CitiesO Prêmio reconhece negócios inovadores que contribuam com a solução de problemas das cidades, de maneira à torná-las inteligentes em duas categorias: Negócios pré-operacionais e negócios em operação.
  • 14:00 - 15:30
    Painel 2: Sucessos e desafios: quem já fez a diferença nas cidades com suas iniciativas e como eles superaram as dificuldades para implementaçãoFelipe Fontes, Nearbee*
    Roger Koeppl, You Green*
    Marcelo Rebelo, Praças.com.br*
    Pedro Concy, Estante Mágica*
    Roberto Speicys, Scipopulis*
  • 15:30 - 16:30
    Premiação- Cerimônia de entrega do Prêmio Connected Smart Cities
  • 16:30 - 18:00
    Painel 3: Novas soluções para velhos problemas: técnica para transformar problemas urbanos em negócios de alto impactoDesign Thinking aplicada aos desafios urbanos – Ecos Escola Design Thinking*