a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Notícias >Os desafios das cidades brasileiras

Os desafios das cidades brasileiras

Em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas serão realizados os Encontros Regionais. Eduardo Kaplan Barbosa participará como palestrante no dia 26 de Outubro de 2017 do Encontro Regional Sul em Florianópolis/SC. Ele atua no BNDS desde 2006, onde adquiriu experiência com financiamento a Estados e Municípios no Departamento de Desenvolvimento Urbano e também na avaliação e proposição de políticas para inovação e desenvolvimento regional, como assessor da Presidência.

De acordo com Eduardo Barbosa, as cidades brasileiras ainda enfrentam sérios desafios: “por um lado, ainda precisam universalizar a infraestrutura e serviços públicos essenciais, garantindo a qualidade de vida de todos seus cidadãos, independente de seus endereços. Também enfrentamos o desafio de introduzir práticas de gestão modernas, que induzam aumento de eficiência dos serviços públicos prestados pelas prefeituras, empresas concessionárias ou PPPs. Por fim, o funcionamento das Cidades e aumento do bem-estar do cidadão (…). O efetivo desenvolvimento de Smart Cities no Brasil requer um trabalho contínuo, envolvendo atores de todos os segmentos da sociedade (…)”.

Atualmente Eduardo Barbosa Kaplan trabalha no Departamento de Tecnologia de Informação e Comunicação como coordenador da Frente de Cidades do Estudo de Iot, conduzido em parceria pelo BNDS e MCTIC. Ele aponta que as cidades inteligentes são desenvolvidas a partir de soluções inteligentes para problemas reais: “Por envolver múltiplos atores e processos muitas vezes regulados, a agenda de Smart Cities é intrinsecamente ampla e complexa. Eu considero um elemento crítico a formação, seja no âmbito de cada cidade, seja no âmbito nacional, de uma visão coletiva da Cidade que queremos construir e deixar para as próximas gerações. Mas sendo mais pragmático, acredito que nesse momento precisamos testar, experimentar e avaliar novas práticas de políticas públicas, com mais participação e preocupação com monitoramento dos resultados”.

Eduardo Barbosa ainda ressalta a importância de um evento como o Connected Smart Cities afirmando que o Brasil precisa de eventos capazes de engajar atores de diversos setores: “nesse sentido, o Connected Smart Cities presta um serviço essencial não apenas aos seus participantes, mas também a todos os cidadãos que irão se beneficiar de espaços e serviços públicos mais inteligentes”.

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO