a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Cidades conectadas >Como Belo Horizonte se tornou uma cidade inteligente?

Como Belo Horizonte se tornou uma cidade inteligente?

A capital, conhecida por concentrar 62 instituições de ensino superior e possuir um dos maiores parques tecnológicos do país, vem implementando soluções do Connected Smart Cities com o objetivo de oferecer, por meio do uso de novas tecnologias, mais qualidade de vida para a população e, assim, se tornando uma cidade inteligente. 

Com o lançamento, em 2017, do programa estratégico “Belo Horizonte Cidade Inteligente”, a Prefeitura da capital mineira vem implementando ações voltadas para o desenvolvimento com foco em uma cidade inteligente, por meio da transformação dos serviços oferecidos, tendo como objetivo proporcionar à população mais qualidade de vida.  As novas tecnologias incorporadas fazem parte das ações sugeridas pelo Connected Smart Cities, iniciativa que tem o objetivo de desenvolver, nas cidades brasileiras, soluções inovadoras por meio da participação efetiva de empresas, entidades, governo e os cidadãos.

Para o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão de Belo Horizonte, André Reis, os projetos que compõem o programa Belo Horizonte Cidade Inteligente estão estruturados nos eixos Governança e Serviços ao Cidadão; Desenvolvimento Econômico e Urbanismo; Cultura Tecnológica e Inclusão Digital; Mobilidade e Segurança; Meio Ambiente, Sustentabilidade e Cidadania. “Belo Horizonte é um polo tecnológico e temos indicadores importantes que precisam ser destacados, tais como, por exemplo, o quarto maior PIB do país, concentramos mais de 300 startups apenas no San Pedro Valley, 4 entidades que representam o setor de TI, 62 instituições de ensino superior, um dos maiores parques tecnológicos do Brasil, além do primeiro lugar entre as cidades brasileiras em Meio Ambiente, de acordo com o Ranking Connected Smart Cities Nacional”, enfatiza Reis.

A cidade, que possui uma infraestrutura tecnológica propícia para desenvolvimento de soluções voltadas para cidades inteligentes, conta com 773 Km de fibra óptica, 1.501 câmeras de videomonitoramento, Sistema Integrado de Gestão, Monitoramento e Informação do Transporte Coletivo Municipal (BRT MOVE), Laboratório Aberto de IoT (Internet das Coisas) com a mesma infraestrutura da cidade para testes e desenvolvimento de soluções, Georreferenciamento reconhecido em todo o Brasil, Hotspost com Wi-Fi gratuito em 77 áreas de vulnerabilidade social, entre outras iniciativas.

“As iniciativas do Connected Smart Cities tem contribuição efetiva nas ações com foco em tornar Belo Horizonte uma cidade mais inteligente e conectada, mais acima de tudo mais humana para os seus habitantes. E, no Encontro Regional Sudeste, tivemos a oportunidade de apresentar o nosso projeto de iluminação pública, sendo o primeiro do país desenvolvido para essa área por meio de Parceria Público-Privada (PPP)”, conclui André Reis.

De acordo com Paula Faria, idealizadora do Connected Smart Cities e Diretora Executiva da Sator, o propósito do Connected Smart Cities é desenvolver e participar de ações que tenham como principal objetivo tornar as cidades brasileiras mais desenvolvidas e sustentáveis, onde os projetos implantados reflitam na qualidade de vida dos seus habitantes. “O nosso objetivo é unir forças, por meio da sinergia entre todos os envolvidos. Acreditamos e trabalhamos para que cada vez mais as nossas ações resultem em resultados efetivos, como os que temos acompanhado, por exemplo, em Belo Horizonte, Salvador, Florianópolis, Vitória, Recife, Fortaleza, entre outras cidades do país”, comenta.

A executiva ressalta, ainda: “Os Encontros Regionais permitem que o poder público avalie as melhores práticas de cidades inteligentes e, consequentemente, possa desenvolver ações que potencializem ainda mais os pontos fortes alcançados no Ranking Connected Smart Cities”, conclui Paula Faria.

Saiba Mais
A capital mineira foi a Sede do Encontro Regional Sudeste Connected Smart Cities, evento em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte e apoio do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SEDECTES).  O evento foi realizado no dia 06 de junho, no Auditório da Prefeitura de BH, e contou com 233 participantes, 23 palestrantes e 68 reuniões nas Rodadas de Negócios.
Para acessar as fotos e mais informações sobre o Encontro Regional Sudeste, CLIQUE AQUI

Para mais informações sobre o lançamento do evento nacional Connected Smart Cities, que acontece em São Paulo, nos dias 04 e 05 de setembro de 2018, CLIQUE AQUI

CLIQUE AQUI e faça a sua inscrição! 

 

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO