a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Articles posted by admin (Page 16)

Jamile Sabatini Marques trabalha na área de Cidades Mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis por meio da Fecomércio/SC, na qual atua como Presidente da Câmara de Tecnologia e Inovação. É membro do conselho do International Journal of Knowledge-Based Development (IJKBD), membro do Comitê Assessor do Programa Start-up Brasil do MCTIC, participa do grupo de trabalho da Indústria 4.0 do MDIC, é membro do Conselho Municipal de Inovação de Florianópolis/SC. Além disso, compõe a Câmara Brasileira de Tecnologia da Informação da CNC e atua na Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) como Diretora de Inovação e Fomento.

De acordo com ela, “O Connected Smart Cities vem trazendo este tema à tona em várias regiões do país e agora Florianópolis, reconhecida como a ‘capital da inovação’, será a anfitriã do Encontro Regional Sul integrando academia, governo e sociedade. É primordial sensibilizar os agentes públicos quanto à relevância do bem-estar das pessoas e do capital humano nas cidades”.

Jamile Sabatini ressalta a importância do mapeamento da região sul, escutando os principais atores locais para identificar os problemas e trazer soluções: “É fundamental que as cidades se tornem mais humanas e inteligentes, com o foco voltado para as pessoas. Abordamos várias dimensões para que as cidades sejam mais inteligentes, como: um olhar de desenvolvimento econômico com empreendedorismo e inovação, mobilidade, governança, pessoas, lugar, sustentabilidade, identidade e social para o desenvolvimento de cidades voltadas aos seus cidadãos”.

Ela confirmou a presença como palestrante no Encontro Regional Sul, que acontecerá em Florianópolis no dia 26 de outubro de 2017, em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos e a Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas.

Jamile Sabatini Marques trabalha na área de Cidades Mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis por meio da Fecomércio/SC, na qual atua como Presidente da Câmara de Tecnologia e Inovação. É membro do conselho do International Journal of Knowledge-Based Development (IJKBD), membro do Comitê Assessor do Programa Start-up Brasil do MCTIC, participa do grupo de trabalho da Indústria 4.0 do MDIC, é membro do Conselho Municipal de Inovação de Florianópolis/SC. Além disso, compõe a Câmara Brasileira de Tecnologia da Informação da CNC

A Região Sul do país é destaque quando se verifica os indicadores de saúde, taxa de mortalidade, qualidade de vida e educação. A região concentra uma área industrial significativa, que se estende de Curitiba (PR) até Blumenau em Santa Catarina e outra área que se prolonga é Porto Alegre, para o norte, tendo como centro a cidade de Caxias do Sul (RS). Muito influente na economia do país, a população do sul sofreu influências de imigrantes italianos e alemães, se

Florianópolis é um dos principais polos de conhecimento tecnológico do país, sendo reconhecida pela ACATE Tech Report 2015 como a 3° cidade do país em faturamento médio com mais de 900 empresas que atuam no setor de tecnologia com alto nível de atividade. O setor gera um faturamento de mais de 5 bilhões de reais anuais, o que permite com que a capital catarinense combine desenvolvimento econômico com uma excelente qualidade de vida. De acordo com o Prefeito de Florianópolis, Gean

A quarta edição do Connected Smart Cities irá contar com a parceria da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas para realizar encontros regionais a partir de outubro de 2017. A Frente Nacional de Prefeitos é um movimento organizado por prefeitos de diversos municípios e tem como principal objetivo defender os interesses a partir das particularidades de cada região. Como consequência disso, A Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas surgiu em 2013, dentro

O Connected Smart Cities 2018 tem como objetivo estimular a inovação e melhorias para cidades, criando cada vez mais cidades inteligentes e conectadas a partir de soluções implantadas nas mais reconhecidas Smart Cities do mundo. A quarta edição do evento irá contar com a parceria da Sator e Urban Systems, o que irá unir a metodologia única e a longa experiência da Urban Systems no desenvolvimento de estudos de mercado, com o caráter organizador, ou seja, a expertise da Sator

O Connected Smart Cities tem como principal objetivo promover um debate no âmbito nacional, do qual resulte o crescimento de cidades inteligentes no país de forma planejada através de análises do desenvolvimento de indicadores como a economia, mobilidade, governo, meio ambiente, urbanismo e qualidade de vida. Para isso, a plataforma envolve empresas, entidades e governos para formular um diálogo que fortaleça a cooperação e aproximação de todos os envolvidos para lançar as bases para a construção de cidades inteligentes, humanas

A realização da terceira edição do Connected Smart Cities reuniu as mais importantes organizações para discutir o desenvolvimento de cidades cada vez mais inteligentes. O evento, que ocorreu nos dias 21 e 22 de junho de 2017, contou com 180 palestrantes para debater sobre os eixos temáticos de Cidades Participativas e Engajadas; Cidades Prósperas; Cidades Humanas, Resilientes e Inclusivas; Projetos Governamentais de Apoio às Cidades Inteligentes; Urbanismo Sustentável nas Cidades; Mobilidade e Acessibilidade nas Cidades; Cidades Conectadas; Cidades Empreendedoras. O evento foi

A tecnologia é um grande aliado para desenvolver cidades inteligentes e garantir uma infraestrutura de qualidade para viabilizar inovações e soluções de problemas por meio da Internet das Coisas (IoT) e gerenciamento de dados em grande volume (BIG DATA) e, assim, assegurar o progresso de diversos serviços públicos e privados para os cidadãos. No dia 22 de junho de 2017 a partir das 9 horas da manhã, o Connected Smart Cities proporcionará diversos painéis focados em discussões sobre quais são os

As grandes e modernas cidades são, talvez, as mais importantes realizações do homem por serem responsáveis, inclusive, por grande parte de uma série de fatores que determinam o quanto a cidade é inteligente e o quanto os cidadãos são conectados com ela. Para entender quais as características de uma cidade inteligente e conectada, quais os indicadores devem ser levados em consideração para essa análise, qual o papel do cidadão no desenvolvimento de cidades conectadas e quais as soluções no curto, médio

O equilíbrio entre a privacidade, governança e os benefícios do Big Data Para o Brasil ter um ganho significativo na qualidade dos serviços públicos e melhorar a sua competividade com uma economia inovadora, é necessário intensificar o uso das tecnologias da informação e comunicação e garantir infraestrutura de qualidade. A tecnologia sempre teve efeitos transformadores na maneira como as cidades são projetadas e operadas e, cada vez mais, os desafios e oportunidades surgem para as cidades na era digital. O Connected Smart

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

APOIO DE MÍDIA

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO