a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

Call for Papers

Clique nas abas abaixo e conheça a lista das palestras selecionadas pelo Call for Papers agrupadas por temas abordados:

EIXOS TEMÁTICOS

URBANISMO

MEIO AMBIENTE

ENERGIA

  • Resiliência, Eficiência e Qualidade: onde estamos e como promover inovação como caminho para maior sustentabilidade em Água – Durval Bacellar (Arcadis);
  • Projeto de economia circular para a reciclagem de veículos em fim de vida útil no Estado de Minas Gerais – Daniel Enrique Castro (CEFET-MG);
  • De cidades fantasma à connected cities: Como a China transformou suas cidades em fundamentos do seu sucesso econômico – Felipi Barros (China Fortune Land Development);
  • Modelagem sistêmica para cidades inteligentes na interação entre Urbanismo e tecnologias – Profa. Dra. Saide Kahtouni e Prof. Dr. Marcelo Pessoa Schneck de Paula (Conecticidade – Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo – Escola Politécnica da USP);
  • Cidades Eficientes: O potencial de sustentabilidade na gestão dos edifícios públicos – Arquiteta Maria Andrea Triana (Conselho Brasileiro de Construção Sustentável – CBCS);
  • Análise de viabilidade para Parcerias Público-Privadas (PPPs) de Saneamento Básico – Leonardo Tavares Ribeiro (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan);
  • Soluções baseadas na Natureza para segurança hídrica – Renato Atanazio (Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza);
  • Igualab – Inovação aberta no saneamento: startups com mais propósito – Péricles Weber (Iguá Saneamento S/A);
  • Compostagem caseira incluída no IPTU Verde de Sertãozinho (SP) – Rafael Jó Girão (Instituto Agir Ambiental);
  • Parcerias público privadas como ferramenta de implantação, desenvolvimento e implantação de parques e espaços urbanos – Pedro Lira (Natureza urbana Planejamento Integrado);
  • Monitoramento em tempo real de emissões atmosféricas do transporte público – Roberto Speicys Cardoso (Scipopulis);
  • Cidades Inteligentes e Sustentáveis: conceitos e perspectivas para as cidades brasileiras – Wilson Levy Braga da Silva Neto (Universidade Nove de Julho);
  • Gambiarra não! Solução Criativa – Andréia Abrahão Sant’Anna (Smart Campus Newton).

EIXO TEMÁTICO

EMPREENDEDORISMO

  • Smart Cities – A perspectiva do Design Estratégico – Francisco Albuquerque (Arco | Hub de Inovação);
  • Simplificação do processo de emissão de alvará de autorização sanitária em Belo Horizonte – Zilmara Aparecida Guilherme Ribeiro (Diretoria de Vigilância Sanitária/Secretaria Municipal DE Saúde de Belo Horizonte);
  • Apresentação dos resultados do Laboratório de Experimentação do Carnaval de Belo Horizonte 2019 – Marcos Boffa (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte S/A – Belotur);
  • Maceió – Smart City: Estruturando a Governança para gerar negócios – Vanessa Fagá Rocha (SEBRAE Alagoas);
  • Inovação na Educação: Como preparar a próxima geração para desenvolverem as Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis – Regiane Relva Romano (UNIFACENS/ Smart Campus FACENS).

EIXO TEMÁTICO

GOVERNANÇA

  • Entre o público e o privado: participação e justiça social na construção de cidades inteligentes – Lívia Menezes Pagotto (Centro de Estudos em Sustentabilidade – FGV – FGVces);
  • Governança de Dados em Cidades Inteligentes no Brasil – Luã Fergus Oliveira da Cruz (Centro de Tecnologia e Sociedade – CTS – da FGV Direito Rio);
  • Gamificação para engajamento cidadão – Gustavo Moreira Maia (Colab Tecnologia e Serviços de Internet AS);
  • PBH APP – Plataforma móvel de relacionamento da Prefeitura de Belo Horizonte com o cidadão – Jean Mattos Duarte (Prefeitura de Belo Horizonte);
  • Múltiplos olhares na participação popular: metodologia da revisão do plano diretor de Passo Fundo – Ana Paula Wickert (Prefeitura Municipal de Passo Fundo);
  • Engajamento e participação cívica para melhoria da educação – Juliana Mari Sakai (Transparência Brasil);
  • Uma Rede Social para o seu Bairro – Carlos Eduardo Pires (Fala Cidadão).

EIXO TEMÁTICO

ECONOMIA

  • Licenciamento Ambiental Online – Denis de Oliveira Silva (CODIUB – Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba);
  • Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF): ferramenta de avaliação de riscos financeiros para Parcerias Público-Privadas (PPPs) municipais – William Fonseca Pamplona Figueiredo (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan);
  • Oportunidades para concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs) no RJ – Isaque Regis Ouverney  (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan);
  • Fortaleza Cidade Competitiva – Maria Águeda Pontes Caminha Muniz (Prefeitura Municipal de Fortaleza);
  • Fortaleza Online: um novo olhar do licenciamento urbano e ambiental – Maria Águeda Pontes Caminha Muniz (Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza);
  • Polos e Clusters Varejistas de Rua: Big Data e Indicadores Urbanísticos para a Elaboração de Políticas Públicas e Parcerias Público Privadas – Larissa G. Campagner (Universidade Mackenzie. FAU e Associação Comercial de SP);
  • Cooperação entre organização da sociedade civil e a administração pública para apoiar a estruturação e modelagem de projetos de concessões e/ou PPP em saneamento básico, com “funding” da iniciativa privada – Thomas Strasser (Fundação Ezute).

EIXOS TEMÁTICOS

EDUCAÇÃO

SAÚDE

  • Cidade e Crianças: encontros e conexões potentes – Juliana Marques Awad (Cidadeira);
  • Como promover espaços urbanos e cidades mais seguras e inteligentes sob a perspectiva de gênero? – Laís Rocha Leão (inCities);
  • Emergência Digital – Felipe Ferreira Fontes (Nearbee);
  • Cidade Antifrágil – Caio Esteves (Places for us);
  • Business intelligence da saúde pública – Tatuí – Rafael Passarinho (Prefeitura Municipal de Tatuí).

EIXOS TEMÁTICOS

TECNOLOGIA

SEGURANÇA

  • Centro de Operações Rio e o papel dos centros de comando e controle urbanos na construção de cidades mais inteligentes e resilientes – Alexandre Cardeman (Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro – COR);
  • Cidades inteligentes no contexto de metrópoles Latino-americanas – Gabriel Mazzola Poli de Figueiredo (FAU-USP);
  • Fortaleza +Inteligente – Cláudio Ricardo Gomes de Lima (Fundação de Ciência Tecnologia e Inovação – CITINOVA);
  • Smart Costa del Sol – Francisco Guerrero Aranda e Joaquín Muñoz Galvez (IDOM Consulting, Engineering, Architecture SAU);
  • Harmonizando Gestão Energética com os ODSs no Plano Diretor Municipal – Oswaldo Sanchez Junior (Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo – IPT);
  • INATEL Smart Campus – Carolina Leão (Instituto Nacional de Telecomunicações);
  • CIDADES SEGURAS – Segurança Pública integrada e conectada – Ivan Marques (Instituto SOU DA PAZ);
  • Turismo, Cultura e Tecnologia: o caso Belo Horizonte Surpreendente – Robson Lisboa (Midiacode);
  • Tendências de Vídeo Wall para Centros de Comando e Controle na América Latina para 2019-2020 – Nilton Paulo Raimundo Mendes (Mitsubishi Electric US, Inc. – Visual and Imaging Systems Division);
  • Gestão local de redes sociotécnicas como estratégia para implantação de cidades inteligentes e humanas – Marcos Alberto MartinellI (Núcleo de Informação em Ciência, Tecnologia, Inovação e Sociedade);
  • Robô de Atendimento da Ouvidoria de Barueri – Chatbot & Outras Soluções para Cidades Inteligentes – João Azevedo Júnior (Prefeitura Municipal de Barueri);
  • DO LIXO A LUZ – Silvio Bertolini Pasin (Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves – RS);
  • Piraí cidade inteligente e conectada – Osni Augusto Souza da Silva e Luiz Antonio da Silva Neves (Prefeitura Municipal de Piraí);
  • Reconhecimento facial e comportamental para combate e prevenção de crimes – Thiago Rangel (Prodabel S.A);
  • A regulação das Smart Cities: estudo comparado entre Brasil e Alemanha – Mariane Silva de Castro (Universidade de Lisboa);
  • Realidade Virtual para Cidades mais inteligentes – Hélio Lemes Costa Jr (Universidade Federal de Alfenas- Unifal-MG).

EIXO TEMÁTICO

MOBILIDADE

  • Inovação em governos para a mobilidade. Quais as lições no MobiLab? – Daniela Swiatek (MobiLab – Laboratório de Inovação em Mobilidade da Prefeitura de São Paulo);
  • Estacionamento Rotativo Digital como ferramenta eficaz de mobilidade urbana e aumento da arrecadação municipal – Leandro Garcia (Prodabel S.A.);
  • Intermodalidade – Integrando o sistema de bicicletas compartilhadas ao transporte público – Tomas Martins (tembici).

O objetivo deste Call for Paper é reunir trabalhos que contribuam de forma inovadora para o desenvolvimento das cidades brasileiras de forma a torná-las mais inteligentes, humanas, sustentáveis e conectadas, selecionando os trabalhos mais adequados para apresentação em um dos painéis da 5ª edição do Connected Smart Cities nos dias 17 e 18 de setembro de 2019, em São Paulo.

Conheça a lista das palestras selecionadas pelo Call for Papers agrupadas por temas abordados:

  • Resiliência, Eficiência e Qualidade: onde estamos e como promover inovação como caminho para maior sustentabilidade em Água – Durval Bacellar (Arcadis);
  • Projeto de economia circular para a reciclagem de veículos em fim de vida útil no Estado de Minas Gerais – Daniel Enrique Castro (CEFET-MG);
  • De cidades fantasma à connected cities: Como a China transformou suas cidades em fundamentos do seu sucesso econômico – Felipi Barros (China Fortune Land Development);
  • Modelagem sistêmica para cidades inteligentes na interação entre Urbanismo e tecnologias – Profa. Dra. Saide Kahtouni e Prof. Dr. Marcelo Pessoa Schneck de Paula (Conecticidade – Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo – Escola Politécnica da USP);
  • Cidades Eficientes: O potencial de sustentabilidade na gestão dos edifícios públicos – Arquiteta Maria Andrea Triana (Conselho Brasileiro de Construção Sustentável – CBCS);
  • Análise de viabilidade para Parcerias Público-Privadas (PPPs) de Saneamento Básico – Leonardo Tavares Ribeiro (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan);
  • Soluções baseadas na Natureza para segurança hídrica – Renato Atanazio (Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza);
  • Igualab – Inovação aberta no saneamento: startups com mais propósito – Péricles Weber (Iguá Saneamento S/A);
  • Compostagem caseira incluída no IPTU Verde de Sertãozinho (SP) – Rafael Jó Girão (Instituto Agir Ambiental);
  • Parcerias público privadas como ferramenta de implantação, desenvolvimento e implantação de parques e espaços urbanos – Pedro Lira (Natureza urbana Planejamento Integrado);
  • Monitoramento em tempo real de emissões atmosféricas do transporte público – Roberto Speicys Cardoso (Scipopulis);
  • Cidades Inteligentes e Sustentáveis: conceitos e perspectivas para as cidades brasileiras – Wilson Levy Braga da Silva Neto (Universidade Nove de Julho);
  • Gambiarra não! Solução Criativa – Andréia Abrahão Sant’Anna (Smart Campus Newton).
  • Smart Cities – A perspectiva do Design Estratégico – Francisco Albuquerque (Arco | Hub de Inovação);
  • Simplificação do processo de emissão de alvará de autorização sanitária em Belo Horizonte – Zilmara Aparecida Guilherme Ribeiro (Diretoria de Vigilância Sanitária/Secretaria Municipal DE Saúde de Belo Horizonte);
  • Apresentação dos resultados do Laboratório de Experimentação do Carnaval de Belo Horizonte 2019 – Marcos Boffa (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte S/A – Belotur);
  • Maceió – Smart City: Estruturando a Governança para gerar negócios – Vanessa Fagá Rocha (SEBRAE Alagoas);
  • Inovação na Educação: Como preparar a próxima geração para desenvolverem as Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis – Regiane Relva Romano (UNIFACENS/ Smart Campus FACENS).
  • Entre o público e o privado: participação e justiça social na construção de cidades inteligentes – Lívia Menezes Pagotto (Centro de Estudos em Sustentabilidade – FGV – FGVces);
  • Governança de Dados em Cidades Inteligentes no Brasil – Luã Fergus Oliveira da Cruz (Centro de Tecnologia e Sociedade – CTS – da FGV Direito Rio);
  • Gamificação para engajamento cidadão – Gustavo Moreira Maia (Colab Tecnologia e Serviços de Internet AS);
  • PBH APP – Plataforma móvel de relacionamento da Prefeitura de Belo Horizonte com o cidadão – Jean Mattos Duarte (Prefeitura de Belo Horizonte);
  • Múltiplos olhares na participação popular: metodologia da revisão do plano diretor de Passo Fundo – Ana Paula Wickert (Prefeitura Municipal de Passo Fundo);
  • Engajamento e participação cívica para melhoria da educação – Juliana Mari Sakai (Transparência Brasil);
  • Uma Rede Social para o seu Bairro – Carlos Eduardo Pires (Fala Cidadão).
  • Licenciamento Ambiental Online – Denis de Oliveira Silva (CODIUB – Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba);
  • Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF): ferramenta de avaliação de riscos financeiros para Parcerias Público-Privadas (PPPs) municipais – William Fonseca Pamplona Figueiredo (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan);
  • Oportunidades para concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs) no RJ – Isaque Regis Ouverney  (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan);
  • Fortaleza Cidade Competitiva – Maria Águeda Pontes Caminha Muniz (Prefeitura Municipal de Fortaleza);
  • Fortaleza Online: um novo olhar do licenciamento urbano e ambiental – Maria Águeda Pontes Caminha Muniz (Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza);
  • Polos e Clusters Varejistas de Rua: Big Data e Indicadores Urbanísticos para a Elaboração de Políticas Públicas e Parcerias Público Privadas – Larissa G. Campagner (Universidade Mackenzie. FAU e Associação Comercial de SP);
  • Cooperação entre organização da sociedade civil e a administração pública para apoiar a estruturação e modelagem de projetos de concessões e/ou PPP em saneamento básico, com “funding” da iniciativa privada – Thomas Strasser (Fundação Ezute).
  • Cidade e Crianças: encontros e conexões potentes – Juliana Marques Awad (Cidadeira);
  • Como promover espaços urbanos e cidades mais seguras e inteligentes sob a perspectiva de gênero? – Laís Rocha Leão (inCities);
  • Emergência Digital – Felipe Ferreira Fontes (Nearbee);
  • Cidade Antifrágil – Caio Esteves (Places for us);
  • Business intelligence da saúde pública – Tatuí – Rafael Passarinho (Prefeitura Municipal de Tatuí).
  • Centro de Operações Rio e o papel dos centros de comando e controle urbanos na construção de cidades mais inteligentes e resilientes – Alexandre Cardeman (Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro – COR);
  • Cidades inteligentes no contexto de metrópoles Latino-americanas – Gabriel Mazzola Poli de Figueiredo (FAU-USP);
  • Fortaleza +Inteligente – Cláudio Ricardo Gomes de Lima (Fundação de Ciência Tecnologia e Inovação – CITINOVA);
  • Smart Costa del Sol – Francisco Guerrero Aranda e Joaquín Muñoz Galvez (IDOM Consulting, Engineering, Architecture SAU);
  • Harmonizando Gestão Energética com os ODSs no Plano Diretor Municipal – Oswaldo Sanchez Junior (Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo – IPT);
  • INATEL Smart Campus – Carolina Leão (Instituto Nacional de Telecomunicações);
  • CIDADES SEGURAS – Segurança Pública integrada e conectada – Ivan Marques (Instituto SOU DA PAZ);
  • Turismo, Cultura e Tecnologia: o caso Belo Horizonte Surpreendente – Robson Lisboa (Midiacode);
  • Tendências de Vídeo Wall para Centros de Comando e Controle na América Latina para 2019-2020 – Nilton Paulo Raimundo Mendes (Mitsubishi Electric US, Inc. – Visual and Imaging Systems Division);
  • Gestão local de redes sociotécnicas como estratégia para implantação de cidades inteligentes e humanas – Marcos Alberto MartinellI (Núcleo de Informação em Ciência, Tecnologia, Inovação e Sociedade);
  • Robô de Atendimento da Ouvidoria de Barueri – Chatbot & Outras Soluções para Cidades Inteligentes – João Azevedo Júnior (Prefeitura Municipal de Barueri);
  • DO LIXO A LUZ – Silvio Bertolini Pasin (Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves – RS);
  • Piraí cidade inteligente e conectada – Osni Augusto Souza da Silva e Luiz Antonio da Silva Neves (Prefeitura Municipal de Piraí);
  • Reconhecimento facial e comportamental para combate e prevenção de crimes – Thiago Rangel (Prodabel S.A);
  • A regulação das Smart Cities: estudo comparado entre Brasil e Alemanha – Mariane Silva de Castro (Universidade de Lisboa);
  • Realidade Virtual para Cidades mais inteligentes – Hélio Lemes Costa Jr (Universidade Federal de Alfenas- Unifal-MG).
  • Inovação em governos para a mobilidade. Quais as lições no MobiLab? – Daniela Swiatek (MobiLab – Laboratório de Inovação em Mobilidade da Prefeitura de São Paulo);
  • Estacionamento Rotativo Digital como ferramenta eficaz de mobilidade urbana e aumento da arrecadação municipal – Leandro Garcia (Prodabel S.A.);
  • Intermodalidade – Integrando o sistema de bicicletas compartilhadas ao transporte público – Tomas Martins (tembici).
Cidades Empreendedoras

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

Quem Pode Participar?

O Call for Papers da 5ª edição do Connected Smart Cities é destinado a pesquisadores, estudiosos, empreendedores e organizações que possuam projetos e estudos dedicados à inovações e soluções para tornar as cidades brasileiras mais inteligentes, humanas, sustentáveis e conectadas.

Clique aqui e conheça os temas abordados no evento.

Seleção e Prazos

As inscrições para Call for Papers estão encerradas.
Saiba do resultado no dia 15 de Fevereiro!

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO