a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Notícias

Entre os temas do Connected Smart Cities, Meio Ambiente e Urbanismo Sustentável serão amplamente debatidos na edição 2019, por meio da Agenda Itron & Ezute. Em entrevista, o diretor de inovação e PPPs da Fundação Ezute, Thomas Strasser, destacou a renovação do Patrocínio ao CSS e pontos da pauta conjunta.

 

Nesse sentido, a Fundação Ezute, organização privada sem fins lucrativos que tem como missão contribuir para a transformação das organizações, apresentará, no Connected Smart Cities 2019, o modelo que a entidade desenvolveu para estruturação de projetos de Parcerias Público-Privadas (PPPs) e Concessões em Saneamento, Iluminação Pública e Resíduos Sólidos. A Fundação também renovou o Patrocínio Prata para a edição 2019 do evento nacional, que será realizado nos dias 17 e 18 de setembro, em São Paulo.

 

Em entrevista ao CSC, o diretor de inovação e Parcerias Público-Privadas Fundação Ezute, Thomas Strasser, fala sobre a parceria com o CSC, onde destaca a Agenda Estratégica de saneamento básico em parceria com a Itron, e atuação da entidade relacionada ao Meio Ambiente e Urbanismo Sustentável, considerando o Saneamento, Resíduos Sólidos e Iluminação Pública.

Essa agenda acontece no 2º dia do evento e, entre outros temas, apresentará Alternativas de financiamento, Tecnologias e Universalização do saneamento básico no Brasil.

 

Acompanhe a entrevista com Thomas Strasser:

 

CSC: Por que participar mais uma vez do Connected Smart Cities e quais as expectativas?
Thomas Strasser: O Connected Smart Cities é muito importante para a Fundação Ezute, pois une os dois públicos de nosso interesse, tanto as entidades públicas quanto a iniciativa privada que atua no setor de infraestrutura. A nossa expectativa para este ano é reforçar a divulgação de nosso modelo para estruturação de projetos de Parcerias Público-Privadas (PPPs) e Concessões em Saneamento, Iluminação Pública e Resíduos Sólidos.

CSC: Qual a relação entre a atuação da Fundação Ezute com o Connected Smart Cities e com o tema cidades inteligentes?
Thomas Strasser: A Fundação Ezute intensificou, a partir de 2017, a sua atuação no segmento de Parcerias Público-Privadas (PPPs) e Concessões em Saneamento, Iluminação Pública e Resíduos Sólidos, que são serviços públicos de importância fundamental no tema cidades inteligentes. Em 2018, a Ezute inovou ao propor um novo modelo de estruturação de projetos neste segmento, que traz muito mais efetividade aos investimentos.

CSC: A Fundação Ezute desenvolveu alguma iniciativa/projeto a partir das ações do Connected Smart Cities? Se sim, quais?
Thomas Strasser: Sim. Em 2018, a Fundação Ezute patrocinou o Connected Smart Cities e apresentou o seu novo modelo de estruturação de projetos em concessões e PPPs. Esta participação foi importante para sensibilizar tanto a iniciativa privada quanto os gestores públicos sobre esta alternativa, muito mais efetiva que o Procedimento de Manifestação de Interesse – PMI.

CSC: De que forma o Connected Smart Cities pode contribuir para disseminar os produtos e/ou serviços da Fundação?
Thomas Strasser: Durante o Connected Smart Cities temos a oportunidade de apresentar o modelo da Ezute para incremento da modalidade de concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs) aos dois públicos que têm interesse nesse processo: às instituições públicas e a iniciativa privada.

CSC: Que produtos e/ou serviços serão apresentados no Connected Smart Cities 2019? Quais as novidades que o mercado e os participantes devem esperar?
Thomas Strasser: A Fundação Ezute apresentará um modelo inovador para a estruturação de concessões e PPPs, alternativo ao Procedimento de Manifestação de Interesse – PMI. Nesse modelo, a Ezute assume, por meio de chamamentos públicos, a captação de recursos financeiros privados a título de doação com encargo, e estrutura os projetos, sem custos para a administração pública, por meio de acordos de cooperação. Os potenciais doadores são organizações ou empresas com interesse em fomentar os setores de Saneamento, Iluminação Pública e Resíduos Sólidos. Este novo modelo já tem resultados positivos em saneamento, que serão apresentados no evento.

CSC: Qual a importância da parceria com o Connected Smart Cities para a sua organização?
Thomas Strasser: O Connected Smart Cities é um excelente vetor para a Fundação Ezute expandir e aprofundar o seu relacionamento com os setores público e privado. O evento certamente atrai a atenção de importantes atores do setor público nacional e do setor privado mundial, ávido para investir em bons projetos de infraestrutura no Brasil. Este ano, a Ezute apresentará no evento os resultados obtidos até agora com este modelo em Saneamento.

 

QUER FAZER PARTE DO EVENTO QUE MAIS GERA NEGÓCIOS COM FOCO EM CIDADES INTELIGENTES? CLIQUE AQUI E SAIBA COMO! 

 

Entre os temas do Connected Smart Cities, Meio Ambiente e Urbanismo Sustentável serão amplamente debatidos na edição 2019, por meio da Agenda Itron & Ezute. Em entrevista, o diretor de inovação e PPPs da Fundação Ezute, Thomas Strasser, destacou a renovação do Patrocínio ao CSS e pontos da pauta conjunta.   Nesse sentido, a Fundação Ezute, organização privada sem fins lucrativos que tem como missão contribuir para a transformação das organizações, apresentará, no Connected Smart Cities 2019, o modelo que a entidade

Durante o Connected Smart Cities & Mobility serão sorteados dois voos entre os participantes, com direito a levar um acompanhante, por meio da ação exclusiva e inovadora das plataformas e em parceria com a Voom.   Considere conhecer São Paulo do alto durante o Connected Smart Cities & Mobility, por meio da ação exclusiva e inovadora das plataformas e em parceria com a Voom, que tem o objetivo de mostrar na prática como os serviços de táxi aéreo sob demanda vêm transformando

Com a parceria, os participantes do Connected Smart Cities contarão com a funcionalidade da 100 Open Startups, que oferece experiência de Inovação Aberta e conecta startups a executivos de grandes empresas, governos e entidades. O CSC Startup Hub proporcionará ainda mais amplitude às ações do evento que, entre as várias linhas de atuação, destaca-se a realização do Prêmio CSC, voltado para estas organizações.               Por meio da parceria com a 100 Open Startups, plataforma digital que usa tecnologia e dados

Plataforma em nuvem desenvolvida pela Geoambiente para a gestão dos serviços públicos, o Agility participará pela 2ª vez consecutiva do Connected Smart Cities. Em entrevista, o diretor comercial da empresa, Felipe Del Nero, ressaltou a participação no evento em 2018. Mais importante iniciativa de cidades inteligentes do Brasil, o Connected Smart Cities está na 5ª edição e será realizado nos dias 17 e 18 de setembro de 2019, em São Paulo. O evento conta com a participação de governos, especialistas nacionais

A TPF Engenharia apresentará no Connected Smart Cities 2019 o case do primeiro Centro de Controle Operacional de coleta de lixo e limpeza urbana em operação no Norte/Nordeste do país. O CSC entrevistou o gerente do projeto, Eduardo Scalia, que enfatizou a importância do evento e das iniciativas voltadas para smart cities.    A gestão do lixo é um grande desafio não apenas para o Brasil, mas para o mundo. O acesso ao saneamento foi elencado pela ONU como um dos dezessete

Com a prorrogação das inscrições até 14 de junho de 2019, as startups que têm um negócio inovador, em operação ou ainda pré-operacional, que contribua para tornar as cidades mais e inteligentes, ganham mais uma oportunidade para participar da 5ª edição do Prêmio Connected Smart Cities.   A organização do Prêmio Connected Smart Cities prorrogou até 14 de junho as inscrições para a edição 2019. Iniciativa da Sator em parceria com a Neurônio, oPrêmio faz parte das ações da Plataforma Connected Smart

Curitiba é a cidade mais inteligente do Brasil, de acordo com o Ranking Connected Smart Citeis 2018, seguida por São Paulo e Vitória. A 4ª colocação ficou com Campinas e a 5ª Florianópolis, no Ranking Geral.   Considerado o mais importante levantamento sobre cidades inteligentes do Brasil, o Ranking Connected Smart Cities 2018 contempla cerca de 700 cidades e analisa 70 indicadores. No Ranking Geral, o estudo aponta as cinco cidades mais inteligentes do País. O primeiro lugar ficou com Curitiba, seguida

Podem participar do Prêmio Connected Smart Cities 2019 pessoas jurídicas, com sede no Brasil, e que apresentem um negócio inovador, com foco em cidades inteligentes. A iniciativa faz parta da Plataforma Connected Smart Cities e as inscrições podem ser realizadas  até 31 de maio.   As inscrições para o Prêmio Connected Smart Cities 2019, iniciativa da Sator em parceria com a Neurônio, estão abertas e podem ser realizadas até o dia 31 de maio de 2019. Na 5ª edição, o Prêmio

Com nova data, o Connected Smart Mobility, a revolução da mobilidade urbana, será realizado nos dias 17 e 18 de setembro de 2019, em São Paulo. Assim, o evento será paralelo ao Connected Smart Cities.   O Connected Smart Cities, mais importante evento de cidades inteligentes do Brasil e um dos maiores da América Latina, será realizado paralelo ao Connected Smart Mobility, nos dias 17 e 18 de setembro de 2019, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. A mudança de

O Connected Smart Cities 2019 conta com o Apoio Institucional Estratégico do Impact Hub São Paulo, organização com programas e espaços relacionais que ativam e apoiam o desenvolvimento dos empreendedores de impacto positivo.   Com a agenda confirmada para os dias 17 e 18 de setembro, o Connected Smart Cities 2019 conta o Apoio Institucional Estratégico do Impact Hub São Paulo. A organização, com programas e espaços relacionais que ativam e apoiam o desenvolvimento dos empreendedores de impacto positivo, terá ainda um

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO