a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Posts tagged "Evento Cidades Inteligentes"

Investir em Infraestrutura e em uma cobertura de rede de Internet de alta qualidade e com preços acessíveis é o primeiro passo para o desenvolvimento de smart cities, no atual contexto socioeconômico brasileiro.  O Engenheiro Sênior de Sistemas e Segurança, do Instituto CESAR, Felipe Silva Ferraz, falou sobre a importância das tecnologias no conceito de smart cities e de como iniciativas, como as do Connected Smart Cities, podem contribuir com o tema e as ações que impactam diretamente na qualidade de

Quando falamos em Smart Cities não temos como não relacionar o tema com a tecnologia, visto que é impossível transformar cidades e oferecer qualidade de vida aos seus habitantes sem que a inovação, por meio da implantação de novos sistemas, como aplicativos voltados para o transporte público, compartilhamento de veículos,  bicicletas, por exemplo, sejam utilizados. A Associação Brasileira das Empresas de Software – ABES, entidade apoiadora do Connected Smart Cities, vem desenvolvendo iniciativas e participando de ações que contribuem, por meio

O que é uma cidade inteligente? Quais os caminhos para o desenvolvimento de smart cities? Para responder essas e outras questões relacionadas ao conceito de cidades inteligentes e a eficiência da gestão de forma integrada, entrevistamos o Diretor de Mercado Civil da Fundação Ezute, Marcello Freire Palha. A Fundação Ezute é uma organização privada sem fins lucrativos e que tem a missão de contribuir para transformação das organizações brasileiras, principalmente, as públicas, por meio de soluções inovadoras em tecnologia e gestão.

O Encontro Regional Centro-Oeste Connected Smart Cities, realizado no dia 19 de abril, na CNT – Confederação Nacional do Transporte, em Brasília, contou com a parceria da ANPTrilhos - Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos e com o apoio do Governo de Brasília. O evento, que teve como principal objetivo debater soluções para o desenvolvimento de cidades inteligentes pautadas em informações e necessidades da Região Centro-Oeste, com foco em Brasília, reuniu cerca de 150 participantes, 14 palestrantes, 18 reuniões

No próximo dia 19 de abril, das 8h30 às 17h00, será realizado em Brasília/DF, na Sede da CNT, o Encontro Regional Centro-Oeste Connected Smart Cities, evento em parceria com a  ANPTrilhos e com apoio do Governo de Brasília. O Fórum contará com a participação de especialistas que irão debater os indicadores de desenvolvimento de Brasília, Goiânia, Campo Grande e Cuiabá. Conhecida pelos monumentos e edifícios que são marco da arquitetura, Brasília também se destaca no Ranking Connected Smart Cities, realizado pela

No próximo dia 19 de abril, das 8h30 às 17h00, acontece em Brasília/DF, na Sede da CNT, o Encontro Regional Centro-Oeste Connected Smart Cities, evento em parceria com a  ANPTrilhos e com apoio do Governo de Brasília. Durante o Encontro, que tem como objetivo encontrar soluções inovadoras com foco em cidades mais inteligentes e conectadas, especialistas irão debater os indicadores de desenvolvimento de Brasília, Goiânia, Campo Grande e Cuiabá. Além dos representantes das capitais citadas, que farão apresentações sobre as suas cidades,

No dia 19 de abril será realizado em Brasília/DF, o Encontro Regional Centro-Oeste Connected Smart Cities, em parceria com a  ANPTrilhos - Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos. Patrimônio Cultural da Humanidade, a capital federal conta com 112,25 km² de área tombada com monumentos e edifícios que são marco da arquitetura. Brasília também é um dos destaques do Ranking Connected Smart Cities, realizado pela Urban Systems em parceria com a Sator, sendo a primeira colocada em Tecnologia e Inovação,

O desenvolvimento de cidades inteligentes e conectadas está diretamente relacionado aos investimentos em ciência e tecnologia, garantindo expansão sustentável no curto, médio e longo prazo. E o resultado vai além do crescimento econômico do país, pois reflete primordialmente na qualidade de vida da população. Nesse sentido, as Parcerias Público-Privadas (PPPs) se fazem necessárias e urgentes. Para o Presidente da NTU – Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, Otávio Vieira da Cunha Filho, o desenvolvimento de cidades inteligentes proporciona mais qualidade

O  Sócio Fundador e Diretor Criativo do ErêLab, Roni Hirsch, aponta que a última política pública para a primeira infância em São Paulo foi em 1938 e que o último investimento em mobiliário Urbano no Brasil foi em 1970. Com isso, ele destaca que investir na primeira infância é romper o ciclo da pobreza- sendo que $1 investido tem $8 como retorno à sociedade. EIXO TEMÁTICO: CIDADES HUMANAS, RESILIENTES E INCLUSIVAS PAINEL:  A CRIAÇÃO DE ESPAÇOS PÚBLICOS NAS CIDADES INCLUSIVAS E HUMANAS ORGANIZAÇÃO:

O Arquiteto urbanista, diretor da Myr Projetos Sustentáveis e especialista em meio ambiente e urbanismo, Sergio Myssior, aponta que as 100 maiores cidades tratam de apenas 41% de seu esgoto (38% da média nacional). Ele ainda destaca que cada R$1,00 investido em saneamento gera economia de R$4,00 na área de saúde, além de que o acesso à rede de esgoto aumenta a produtividade do trabalhador em 13,3%. EIXO TEMÁTICO: URBANISMO SUSTENTÁVEL NAS CIDADES PAINEL: AS CIDADES REPRESENTAM PÓLOS DE ATRAÇÃO PARA O

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO