a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Posts tagged "IoT"

Com a parceria, os participantes do Connected Smart Cities contarão com a funcionalidade da 100 Open Startups, que oferece experiência de Inovação Aberta e conecta startups a executivos de grandes empresas, governos e entidades. O CSC Startup Hub proporcionará ainda mais amplitude às ações do evento que, entre as várias linhas de atuação, destaca-se a realização do Prêmio CSC, voltado para estas organizações.

             

Por meio da parceria com a 100 Open Startups, plataforma digital que usa tecnologia e dados para facilitar a cocriação de negócios inovadores, o Connected Smart Cities 2019 contará com o CSC Startup Hub, espaço voltado para a participação de startups. A iniciativa tem o propósito de promover a participação destas organizações com propostas para transformar as cidades brasileiras. O CSC 2019 acontece nos dias 17 e 18 de setembro, em São Paulo e, na ocasião, será realizada a etapa final do Prêmio CSC 2019,  momento em que serão anunciados os vencedores nas categorias negócios operacionais e pré-operacionais.

De acordo com o fundador e CEO da 100 Open Startups, Bruno Rondani, a parceria apresenta a funcionalidade da plataforma digital 100 Open Startups para os participantes do Connected Smart Cities, no formato de speed dating, uma experiência única de Inovação Aberta que conecta startups a executivos de grandes empresas, governos e entidades em reuniões de 20 minutos para gerar negócios e acelerar resultados.

“Para o matchmaking acontecer, startups apresentam as soluções disruptivas com que trabalham e grandes empresas e governos sinalizam os desafios de inovação e que são demanda dentro de seus processos. A proposta é gerar- com esse método, oportunidades de negócio real para que soluções inovadoras possam ser implementadas com maior agilidade, beneficiando cidades e suas populações. As startups que compõem a rede 100 Open Startups trabalham com as soluções disruptivas, tais como: IoT, Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Big data, e impressão 3D. São tendências de tecnologia que estão mudando radicalmente a realidade que conhecemos hoje e, por meio da colaboração com os demais atores do ecossistema de inovação, vão impactar significativamente na construção de um futuro mais humano, sustentável e inteligente”, disse.

Rondani destaca, ainda, que eventos como o Connected Smart Cities têm um papel fundamental, pois reúnem e atualizam os principais agentes transformadores do setor. “Isso, somado ao 100 Open Startups, possibilitará que estes atores possam discutir parcerias, investimentos, contratos e formas de implementar soluções inovadoras em conjunto, potencializando os resultados de negócio para todos. A expectativa da parceria com o Connected Smart Cities é de que o engajamento nas reuniões, que serão realizadas durante o evento, seja o primeiro passo para a aceleração de negócios inovadores entre startups, empresas e governo, que irão cocriar soluções e se tornar protagonistas das mudanças que vão impactar o futuro das cidades”, conclui Bruno Rondani.

 

5ª edição do Connected Smart Cities será marcada pela inovação e novas tecnologias
Entre as várias linhas de atuação da plataforma CSC, destaca-se a realização do Prêmio Connected Smart Cities, que está em sua 5ª edição e contempla as categorias negócios operacionais e pré-operacionais, onde participam pessoas jurídicas, com sede no Brasil, e que apresentem um negócio inovador. CLIQUE AQUI E VEJA TODOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO CSC 2018!

 

Quer saber como se inscrever e participar do CSC Startup Hub? CLIQUE AQUI!

 

 

 

 

 

Com a parceria, os participantes do Connected Smart Cities contarão com a funcionalidade da 100 Open Startups, que oferece experiência de Inovação Aberta e conecta startups a executivos de grandes empresas, governos e entidades. O CSC Startup Hub proporcionará ainda mais amplitude às ações do evento que, entre as várias linhas de atuação, destaca-se a realização do Prêmio CSC, voltado para estas organizações.               Por meio da parceria com a 100 Open Startups, plataforma digital que usa tecnologia e dados

Investir em Infraestrutura e em uma cobertura de rede de Internet de alta qualidade e com preços acessíveis é o primeiro passo para o desenvolvimento de smart cities, no atual contexto socioeconômico brasileiro.  O Engenheiro Sênior de Sistemas e Segurança, do Instituto CESAR, Felipe Silva Ferraz, falou sobre a importância das tecnologias no conceito de smart cities e de como iniciativas, como as do Connected Smart Cities, podem contribuir com o tema e as ações que impactam diretamente na qualidade de

Felipe Ferreira Fontes, Fundador e CEO da NEARBEE, comenta sobre o uso da tecnologia para prover mais qualidade de vida à população, utilizando palavras-chave como ‘internet das coisas’; ‘big data’; e ‘governança algorítmica’. EIXO TEMÁTICO: CIDADES CONECTADAS PAINEL:  O PAPEL DO SMARTPHONE PARA OS SERVIÇOS MUNICIPAIS ORGANIZAÇÃO: NEARBEE TAG: SEGURANÇA CONFIRA A APRESENTAÇÃO COMPLETA AQUI. 

Bill Ash, Strategic Technology Director da IEE Standards Association, traz informações sobre a tendência global de urbanização, com o foco na IoT (Internet das Coisas). Ele aborda os desafios da urbanização e ações da IEEE para tornar cidades mais inteligentes. EIXO TEMÁTICO: CIDADES CONECTADAS PAINEL: SPOTLIGHT TALKS- PLATAFORMAS DE DADOS ABERTOS NAS CIDADES: IMPLEMENTAÇÃO DE ESTRATÉGIA DA GESTÃO DA INFORMAÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ORGANIZAÇÃO: IEEE STANDARDS ASSOCIATION TAG: TECNOLOGIA CONFIRA A APRESENTAÇÃO COMPLETA AQUI 

José Almeida, Diretor da WND, discute ‘O futuro da Internet’, abordando a composição disciplinar da IoT, Características da Conectividade, Consumo Energético, História das Redes Celulares, Uma Mudança no Caminho Tecnológico, O Modelo Sigfox e Modelo de Referência IoT. Ele também traz Exemplos de Planejamento de Cobertura em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Campinas e Mato Grosso. EIXO TEMÁTICO: CIDADES CONECTADAS PAINEL: A TECNOLOGIA SEMPRE TEVE EFEITOS TRANSFORMADORES NA MANEIRA COMO AS CIDADES SÃO PROJETADAS E OPERADAS. QUAIS SÃO OS DESAFIOS E

Shawn Slack, Chief Information Office da Cidade de Mississauga (Canadá), traz os principais pontos que uma cidade deve ter no sentido estratégico para se tornar uma Smart City, além de destacar como a Cidade de Mississauga se tornou uma Cidade Inteligente a partir da IoT (Internet of Things). EIXO TEMÁTICO: CIDADES CONECTADAS PAINEL: A TECNOLOGIA SEMPRE TEVE EFEITOS TRANSFORMADORES NA MANEIRA COMO AS CIDADES SÃO PROJETADAS E OPERADAS. QUAIS SÃO OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES PARA AS CIDADES NA ERA DIGITAL?  ORGANIZAÇÃO: CITY OF

Irecê Kauss, Chefe do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação no BNDES, discute sobre o cenário de IoT e define a ‘Internet das Coisas’ como uma evolução do uso das redes de comunicação, caracterizada pelo fato de que não apenas pessoas se conectam a essas via computadores ou celulares, mas também dispositivos das mais diversas naturezas. Ele traz um Estudo de IoT dentro do contexto brasileiro, com informações sobre os Pilares Chave do Plano Nacional de Internet das Coisas,

O Diretor Geral e Chefe de Vendas LATAM, Ricardo Simon, discute sobre IoT: interligação de objetos do mundo real com o mundo virtual por meio de sensores (RFID). Ele aborda o tema de ‘Cidades Conectadas Através de IoT’, apontando que o principal objetivo é ofertar intercomunicações dos objetivos entre si trocando informações sobre status, localização, funcionalidades, problemas, etc- a conexão de todos os pontos. EIXO TEMÁTICO: CIDADES CONECTADAS PAINEL: A INTERNET DAS COISAS (IoT) TEM POTENCIAL DE ATINGIR US $ 19

Por Luiz Sergio Assad, diretor-presidente do SindiEnergia (Sindicato da Indústria da Energia no Estado de São Paulo) Apesar dos esforços políticos, o Brasil ainda é um país de grandes desigualdades econômicas e sociais. O desenvolvimento de cidades inteligentes deve se utilizar das PPPs (Parcerias Público-Privadas) para inovação em redes de energia, gestão de resíduos, acessibilidade e mobilidade urbana, entre outras facilidades que contribuem para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Tecnologias, como a IoT (Internet das Coisas), Big Data e Computação

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO