a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

LANGUAGE

O que você está procurando?

>Posts tagged "smart city" (Page 7)

Por Luiz Sergio Assad, diretor-presidente do SindiEnergia (Sindicato da Indústria da Energia no Estado de São Paulo)

Apesar dos esforços políticos, o Brasil ainda é um país de grandes desigualdades econômicas e sociais. O desenvolvimento de cidades inteligentes deve se utilizar das PPPs (Parcerias Público-Privadas) para inovação em redes de energia, gestão de resíduos, acessibilidade e mobilidade urbana, entre outras facilidades que contribuem para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

Tecnologias, como a IoT (Internet das Coisas), Big Data e Computação em Nuvem, estão disponíveis e precisam de iniciativas que unam o Poder Público a organizações privadas em prol do bem-estar. Já temos vários municípios no Brasil que investem e adotam serviços e produtos inteligentes em benefício da vida urbana. É preciso multiplicá-los.

 Dentro do atual cenário socioeconômico, sabemos que crises não duram para sempre, mas provocam o inevitável recuo dos investimentos, o que implica na postergação de projetos. A magnitude dos benefícios que os recursos de smart cities promovem torna imperiosa a aproximação dos gestores públicos das iniciativas tecnológicas com a finalidade de reduzir custos e aumentar a eficiência na administração da coisa pública.

Considerado esse contexto, as PPPs ou concessões de serviços podem contribuir para manter os projetos de inteligência urbana ativos e permanentes nos períodos em que enfrentamos adversidades.

O evento Connected Smart Cities equivale, portanto, a um importante momento para a integração das ideias e projetos, num ambiente em que o Público e o Privado se encontram, entendem necessidades e identificam oportunidades para atuarem conjuntamente.

Por Luiz Sergio Assad, diretor-presidente do SindiEnergia (Sindicato da Indústria da Energia no Estado de São Paulo) Apesar dos esforços políticos, o Brasil ainda é um país de grandes desigualdades econômicas e sociais. O desenvolvimento de cidades inteligentes deve se utilizar das PPPs (Parcerias Público-Privadas) para inovação em redes de energia, gestão de resíduos, acessibilidade e mobilidade urbana, entre outras facilidades que contribuem para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. Tecnologias, como a IoT (Internet das Coisas), Big Data e Computação

A Atech, empresa do Grupo Embraer, desenvolve soluções para os mercados de Defesa e Segurança Pública, Tráfego Aéreo e ao mercado corporativo. É responsável por modernizar todo sistema de gerenciamento do espaço aéreo brasileiro, além de desenvolver e implementar o Sistema Brasileiro de Defesa Aérea. De acordo com o Sales Manager, Claudio Nascimento, uma smart city conta com sistemas informatizados em áreas como transporte, saúde, segurança e inclusão do cidadão na gestão participativa: “estes sistemas permitem automatizar processos e garantir integridade

Aracaju recebeu a liberação de R$130 milhões em recursos destinados à implantação do Plano de Mobilidade Urbana. A notícia foi divulgada durante a cerimônia de comemoração aos 163 anos da capital, na qual o prefeito Edvaldo Nogueira anunciou a vinda do ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Com isso, serão recuperados terminais e pontos de ônibus, além do recapeamento de quatro corredores destinados ao transporte público e a instalação de semáforos inteligentes. Ademais, a prefeitura de Aracaju assinou um termo de fomento

A quarta edição do Connected Smart Cities irá contar com a parceria da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e da Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas para realizar o Encontro Regional Nordeste em Salvador (BA). O evento será realizado no dia 15 de março e será no Senai Cimatec. A cidade de Salvador é destaque e exemplo de desenvolvimento em diversos setores. De acordo com o Ranking Connected Smart Cities, realizado pela Urban Systems, a cidade é a sétima colocada

A Região Nordeste equivale a quase 20% do território brasileiro e ocupa a maior costa litorânea do país. Além de monumentos e edifícios que remontam a época colonial e sua diversidade de fauna e flora, o Nordeste é palco de desenvolvimento em áreas como Meio Ambiente, Energia, Saúde e Segurança. De acordo com o Ranking Connected Smart Cities feito em parceria com a Urban Systems, o destaque do Nordeste no Ranking Geral é Recife/PE (10º), que recebe destaque também no Ranking

A Prefeitura de Cuiabá desenvolveu um processo, coordenado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, que implanta o sistema de coleta seletiva realizado em conjunto com um trabalho de orientação, atualmente presente em mais de 20 bairros da cidade. O objetivo da iniciativa é reaproveitar resíduos sólidos, o que, além de minimizar a quantidade de lixo nos aterros, promove a geração de renda e melhora a situação de trabalho dos garis. A prefeitura realiza esse trabalho em conjunto com cooperativas e, além

  A Prefeitura de Suzano realizou, a partir das Secretarias Municipais de Planejamento Urbano e Habitação e de Transportes e Mobilidade Urbana, a primeira reunião que tem como principal objetivo elaborar o Plano Municipal de Mobilidade Urbana. O tema abordado pelo documento tem como foco destacar soluções para o trânsito nos próximos dez anos. Até o mês de março, moradores podem participar da elaboração de políticas públicas através de um questionário online disponível no site da prefeitura (clique aqui para acessar).  O

Em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas, será realizado, no dia 26 de outubro de 2017, o Encontro Regional Sul em Florianópolis. De acordo com Eduardo Moreira da Costa, um evento como o Connected Smart Cities é importante por “Despertar interesse para o tema e ajudar na formação de pessoas. Pessoas conectadas constroem Cidades mais Humanas, Inteligentes e Sustentáveis”. Eduardo Moreira da Costa é fundador e Diretor Presidente da Pi-Academy,

A Região Sul do país é destaque quando se verifica os indicadores de saúde, taxa de mortalidade, qualidade de vida e educação. A região concentra uma área industrial significativa, que se estende de Curitiba (PR) até Blumenau em Santa Catarina e outra área que se prolonga é Porto Alegre, para o norte, tendo como centro a cidade de Caxias do Sul (RS). Muito influente na economia do país, a população do sul sofreu influências de imigrantes italianos e alemães, se

Florianópolis é um dos principais polos de conhecimento tecnológico do país, sendo reconhecida pela ACATE Tech Report 2015 como a 3° cidade do país em faturamento médio com mais de 900 empresas que atuam no setor de tecnologia com alto nível de atividade. O setor gera um faturamento de mais de 5 bilhões de reais anuais, o que permite com que a capital catarinense combine desenvolvimento econômico com uma excelente qualidade de vida. De acordo com o Prefeito de Florianópolis, Gean

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIROS ESTRATÉGICOS

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL

APOIO DE MÍDIA

REALIZAÇÃO

EVENTO PARALELO